Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugal Flavours

Restaurantes, Eventos, Rooftops e muito mais! 📷 🍴 #Portugalflavours

Portugal Flavours

Restaurantes, Eventos, Rooftops e muito mais! 📷 🍴 #Portugalflavours

Vinho dos Mortos: o que é e de onde vem

Em-São-Roque-alegra-se-os-vivos-com-o-vinho-dos-

 

A prática faz-nos recuar ao ano de 1807, quando o país foi invadido pelas tropas de Napoleão Bonaparte. O povo, com o medo que lhes pilhassem os bens, escondeu e enterrou o que conseguiu, incluindo garrafas de vinho. Mais tarde, com a saída dos soldados franceses, foram recuperadas as propriedades e desenterrados os vinhos.

 

Embora fosse de esperar que a bebida estivesse estragada, o povo foi surpreendido pelo sabor realçado, o vinho, tinha adquirido propriedades novas! Era um vinho com uma graduação de 10º ou 11º, palhete, apaladado, e com algum gás natural, adquirido através da fermentação no escuro e da temperatura constante.

 

Por ter sido "enterrado" ficou conhecido como o "Vinho dos Mortos" e passou a utilizar-se esta técnica, descoberta ao acaso, para conservar e optimizar a sua qualidade. Assim, nasceu a tradição de "enterrar" o vinho.

 

Hoje, já são poucos os agricultores que mantêm viva esta tradição, mas podem ser encontrados principalmente, nas vinhas junto à Vila de Boticas e da Granjas.

Embora este não seja um vinho abundante, tem uma história e um sabor agradável que fá-lo merecedor de ser apreciado.